Artigo em Versão de Impressão
Clique aqui para ver este artigo no seu formato original


A CPM 8241 em Penacova
Colocado por: josé eduardo marques 12.05.2017 - 22:29
Enfim, chegámos ao largo onde o monumento de homenagem aos militares mortos na guerra colonial se evidencia colocando, durante alguns momentos, a paisagem divina que se nos apresenta, ali mesmo, ali à frente, em segundo plano. É a altura, são as casas lá em baixo, é o lago de água imensa e tranquila. É, em cima, o céu, também tranquilo, hoje sem nuvens. É PENACOVA. Tinham-se acabado duas horas de viajem nas quais aqueles três amigos, como já faziam ano após ano, juntos ou em viaturas separadas, percorreram as estradas portuguesas de Lisboa a uma outra cidade para, nela, colocar as emoções em primeiro lugar naquele abraço que é sempre longo para quem apenas observa, mas, rápido, muito rápido para quem o vive.
Ouve-se atentamente o autarca, Presidente da Câmara, que nos esperou e recebeu num discurso tranquilo de receção. É o poder local na sua humildade, todavia, o verdadeiro poder do povo, porque perto e, portanto, conhecedor de cada sorriso ou sofrimento de todos e cada um dos fregueses.
Depois o Comandante. A postura de sempre na transmissão da integridade que nos tornou o grupo que somos após a CPM que fomos: íntegro! Referiu, o comandante, que, sendo nós quem somos, deveremos realizar os Encontros CPM 8241 até que apenas um de nós ande por cá.
De seguida foi falar, recordar, perspetivar o devir e, coisa magnífica, explicitar doenças que nos atingem ou atingirão e nessa perspetiva, aconselhar, face à experiência da cada um, cada camarada face a cada eventual maleita.
Por mim, camaradas da CPM 8241, neste Encontro participei em mais uma revolução: a ronda em que era apenas uma praça no acento de trás, eu, no sentido Lisboa – Penacova teve como condutor um Sargento, Renato Sousa. No sentido Penacova-Lisboa um Oficial, Joaquim Leal. O comandante de ronda, enorme, com o seu ar sisudo de sempre mas, também sempre, com um sentido de justiça exemplar, a praça, como eu, António Canilho.

jem

1 Comentário

http://cpm8241.com/article-a-cpm-8241-em-penacova-395.htm?sessionid=rr4i7sljva7em683qq5stdq8a0


Powered by SePortal (http://www.seportal.org)
© SePortal.org (http://www.seportal.org)