Início
Bem vindo Convidado · Registar
Utilizadores
Utilizador:

Palavra-Passe:

Entrar automaticamente na próxima visita?


» Esqueci a Palavra-Passe
» Registar

Fórum


Quem está ligado
Utilizadores Activos: 7
Existe(m) 0 utilizador(es) registado(s) (0 invisíveis) e 7 convidado(s) ligados.

Imagem Aleatória
foto 3

foto 3

Renato Sousa


Início / Novidades / Natal de 1973

Natal de 1973

Contributo de: josé eduardo marques Offline
Tópico: Novidades
Enviar a um amigo  Formato de Impressão
Vistas: 524
Votação: 0.00 (Sem votação 0 votos)
Crónicas do Zé

Natal de 1973

Quando em Dezembro de 1973, um de nós, se lembrou de festejar o Natal, de imediato a ideia foi unanimemente aceite. Resolvemos designar o evento de “Natal Cabal”. Cabal porque conjunto de cabos e cabal porque competentes.

A organização foi altamente eficiente. Uns solicitaram autorização ao Comandante para a realização do evento na Fortaleza. Outros levaram a efeito a decoração do espaço – a oficina auto. Um terceiro grupo aprovisionou os comes e bebes.

Após o jantar, na messe dos soldados, iniciámos os preparativos de modo a que pelas 11 horas da noite, os cabos do 4º Pelotão e do Pelotão de Comando dessem início às hostilidades. Não houve convites, todavia a porta da oficina estava franqueada para quem quisesse, de nocal na mão, confraternizar. Havia salgados, doces, carnes diversas, frutas locais, vinho e nocais.

Houve conversas sérias e brincadeiras aos montes. Anedotas, certamente. Ouviu-se música, também. Foram eleitos, por voto secreto e directo (no ambiente cabal já se praticava a democracia), os melhores soldado e furriel, aos quais foram entregues as merecidas medalhas.

Pelas quatro da manhã, um de nós, deslizou pela parede ficando sentado no chão, de Nocal na mão, dormindo profundamente. Arrumou-se a oficina com muito cuidado não fosse o camarada acordar. Não sei se foi transportado à caserna se por lá ficou, tranquilamente.

Foi o meu primeiro Natal sem frio. Foi estranho deitar-me nú, só com um lençol como coberta. Que coisa estranha, nem neve, nem frio, nem ceroulas, nem pijama, nem cobertores, nem mantas, nem lareira. Calor muito calor e, no céu, outras constelações.

E assim se cumpriu o Natal Cabal.

Os Cabos, por ordem alfabética (desculpem se esquecer algum – esta mona já não é o que era): Abílio Gomes, Agostinho, Albino Oliveira, Arnaldo Sousa, Faria da Silva, João Luís, Lopes, Macedo, Marques, Orlando Santos, Pereira de Sousa, Prudêncio e Simão Gonçalves

À COMUNIDADE CPM 8241
FELIZ NATAL E UM ANO DE 2010 CUMPRIDOR DOS VOSSOS DESEJOS

20091221
jem
(1546 palavras)


Autor: Comentário:
Não existem comentários para este artigo



RSS Feed: Natal de 1973 (Comentários)

Inserir Artigos | Fórum | Galeria | Calendário | Links | Ficheiros | Membros | Procurar | Livro de Visitas | Article Directory

Powered by SePortal 2.5
Copyright © 2007-2018 SePortal.org