Início
Bem vindo Convidado · Registar
Utilizadores
Utilizador:

Palavra-Passe:

Entrar automaticamente na próxima visita?


» Esqueci a Palavra-Passe
» Registar


Quem está ligado
Utilizadores Activos: 9
Existe(m) 0 utilizador(es) registado(s) (0 invisíveis) e 9 convidado(s) ligados.

Estatística
Temos um total de 410 artigos em 22 tópicos,
496 imagens em 22 categorias,
2 ficheiros em 3 categorias,
1 links em 1 categorias,
Os nossos membros efectuaram um total de 0 colocações no fórum.
Temos 127 membros registados.
O membro mais recente é Julio Fortunato
Número máximo de utilizadores foi de 115 a 26.04.2011 22:25
Total de Visitantes: 1312137
Visitantes hoje: 220
[Mais Estatísticas]

Imagem Aleatória
3º Pelotão- Nova Lisboa

3º Pelotão- Nova Lisboa

José Grazina


CPM 8241
Bem vindo ao site CPM 8241
19·Setembro·2018 @ 7:37

Aniversário

Contributo de: josé eduardo marques Offline
Tópico: Novidades
Enviar a um amigo  Formato de Impressão
Vistas: 92
Amigo Pedro,

Com dois dias de atraso - esta cabeça já não é o que era - envio um abraço geral da CPM 8241 pelo teu 65º aniversário (dia 7). Espero que tenhas passado um grande dia na companhia dos teus.

josé marques


Colocar comentário

Poema

Contributo de: josé eduardo marques Offline
Tópico: Novidades
Enviar a um amigo  Formato de Impressão
Vistas: 311
Hoje tomo a liberdade de plasmar, aqui, um poema que escrevi em março de 1970, após a partida de mais um amigo para as terras da Guiné, eventualmente o pior cenário da guerra colonial (para os europeus, anticolonial para os africanos).

Longe, onde quotidianamente
Rajadas envenenadas de metralhadoras inocentes
E estoiros infindáveis de granadas atiradas,
Lá, cisma o meu amigo.
Cisma na razão do “PORQUÊ?”
Duma guerra inolvidavelmente cruel,
Sem sentido, sem esclarecimento
Da sua existência.
Mas são esses leigos, ignorantes,
(afinal quem somos nós!)
Que nela participam,
A vivem e, nela caducam,
Inevitavelmente.
Mas a guerra é dos gabinetes,
Eles as criam, sim eles,
Sentados, protegidos, acarinhados.
Eles as criam.
Os ódios existem sim,
Mas simplesmente nos ditos gabinetes.
Os caducados, os defuntos,
Os pulverizados, esses eram irmãos.
Os que se odeiam mutuamente
Ficaram e ficarão
Comandando e enviando
Os crentes, os pacíficos
Os verdadeiramente humanos,
Perfeitos,
Para a fogueira ardente da guerra.


Colocar comentário

Aniversário

Contributo de: josé eduardo marques Offline
Tópico: Novidades
Enviar a um amigo  Formato de Impressão
Vistas: 311
Amigo Pinhal,

Com um dia de atraso envio um abraço geral da CPM 8241 pelo teu 66 aniversário. Espero que tenhas passado um grande dia na companhia dos teus.

josé marques


Colocar comentário

Aniversário

Contributo de: josé eduardo marques Offline
Tópico: Novidades
Enviar a um amigo  Formato de Impressão
Vistas: 337
António Canilho,

Um abraço geral da CPM 8241 pelo teu 67 aniversário. Passa um grande dia na companhia dos teus.

josé marques


Colocar comentário

Guerra

Contributo de: josé eduardo marques Offline
Tópico: Novidades
Enviar a um amigo  Formato de Impressão
Vistas: 339
1. (1974) No final de abril de mil novecentos e setenta e quatro, pelas dezassete horas, o capitão avisa o soldado Silva que prepare a viatura, convoque o primeiro cabo Graciano e uma ordenança.
Pelas dezassete e vinte, o jeep sai de quebec – leia-se quartel. Percorre quinhentos metros. O capitão ordena que se inverta a marcha, percorrem cinquenta metros, manda para a viatura, sai, bate com o pingalim no cano da bota e ordena nosso cabo, se dentro de vinte minutos eu não tiver descido, chamam reforços e, de seguida, invadem o prédio detendo todos os que reagirem. Em último caso disparam.
Graciano, ……
2. (2014) O soldado Silva, de seu nome completo, Adolfo Salazar Silva, agora com mais de sessenta anos, caminhando os últimos quarenta ouvindo amigos e não só brincarem e não só com o seu nome. Nome este que lhe tem dado tantos engulhos. Quando brincavam procurando picardias brincalhonas, ele refugiava-se no Silva, o nome de maior frequência no país, portanto um nome verdadeiramente do povo. Quanto aos nomes Adolfo e Salazar, ele próprio, questionando sua mãe e restante família, sempre lhe tinham dito que funcionava como homenagem a dois grandes estadistas, um alemão outro português, todavia quem lhe dera esses nomes tinha sido o seu pai, que entretanto falecera. Havia, porém, quem afirmasse que seu pai era um anti regime e, para minorar as ideias dos profissionais de escutas no café da aldeia, esses sim, funcionários do regime, resolveu construir esse disfarce, digamos assim, nomeando seu filho de Adolfo Salazar…
3. (1974) Quando Graciano se dirige a Brunswick e lhe diz o senhor terá de me acompanhar a quebec. Ao Canadá? responde o holandês. Não, entre para a viatura se faz favor. Mas porquê? Não fiz nada, diz num português mal alinhavado. Lá saberá, entre!
…….(fábrica yogurt, lavagem dinheiro, diamantes, etc)…….
4. (2014) Graciano sentia-se muito só. Acabara de saír da pequena cidade onde se encontrara com os camaradas da guerra colonial. Era assim todos os anos.
A racionalidade dos homens numa guerra irracional, deu lugar à emoção do reencontro e à ternura resultante de dois anos trabalho em comum para um mesmo fim: o fim. Cumpriram-no. Era bom, fazia bem à cabeça, concordavam todos, aquele estar ali, naquele dia, revivendo daquele passado, não a guerra, não os tiros, não os acidentes, não os ditos à altura, inimigos. Abraçavam-se, traziam à memória as brincadeiras próprias dos vinte anos, o futebol. Pareciam ter sido recrutados porque tinham muito jeito para o futebol. Para a briga é que não. Fazia bem à cabeça, concordavam todos. A auto estrada estava deserta. Porque era fim de tarde de sábado mas também, porque as portagens eram muitas e caras.
Por necessidades fisiológicas parou na estação de serviço a cerca de sessenta quilómetros da partida. Satisfez pachorrentamente a necessidade e de seguida bebeu uma bica. Saiu, deu uma volta ao edifício, sentou-se num banco de jardim, fechou os olhos e, primeiro recordou depois sonhou.


Comentários: (1)

82 páginas no total     1 2 3 4 5 6 Próxima Página Última página »

Guião da Companhia
Padrão da Companhia de Polícia Militar CPM 8241

O que há de novo
Artigos
Não há artigos novos.

Comentários nas últimas 48 horas
Não há novos comentários.

Weblinks nas últimas 2 semanas
Não há links recentes.

Galeria nas últimas 2 semanas
Não há imagens novas

Ficheiros nas últimas 2 semanas
Não há ficheiros novos.


Aniversários
Hoje, nenhum membro está a celebrar o aniversário

Eventos
Calendário de Eventos agendados nos próximos 2 dias
Não existem eventos agendados

 DSTQQSS
»





1
» 2 3 4 5 6 7 8
» 9 10 11 12 13 14 15
» 16 17 18 19 20 21 22
» 23 24 25 26 27 28 29
» 30







RSS Feed: CPM 8241 (Artigos)

Inserir Artigos | Fórum | Galeria | Calendário | Links | Ficheiros | Membros | Procurar | Livro de Visitas | Article Directory

Powered by SePortal 2.5
Copyright © 2007-2018 SePortal.org